Marina Ruivo: Nossa barca (2019)

Marina Ruivo é professora universitária e atuou por muitos anos no mercado editorial. É autora de Geração armada: literatura e resistência em Angola e no Brasil (Fapesp/Alameda Editorial, 2015), publicou contos e poemas em revistas digitais diversas e tem em Nossa barca sua estreia literária.


Os poemas a seguir foram selecionados da obra Nossa barca (Patuá, 2019).

NOSSA BARCA


Desmanchando-se dissoluta
No colo que eu queria,
Nossa barca não era canoa,
Fria ausência do sol.

Era mais firme, mais forte,
Mais nossa e feita na exatidão
Das tempestades dos seus cabelos,
Salgados e cheirando a mar.

Grudando-se com a cola das algas,
Seu corpo moldava-se ao mar,
Tirava da inércia meu desejo,
Reescrita rediviva das ondas.

A companhia do seu ato,
Seu barco de areia ao vento,
Doce dolorimento do meu gozo
Líquido, projetando-se à vibração
Das cordas das vozes,
Espumando-se fora de mim.

Ah, nossa barca ganhava em tamanho,
Vagava de novo, úmida,
Ao caminho do mar.
E eu seguia com ela,
Apenas seguia…

Leia mais