Elisa Andrade Buzzo: Notas errantes (2017)

Elisa Andrade Buzzo, formada em Jornalismo pela ECA-USP, estreou na literatura com os poemas de Se lá no sol (7Letras, 2005). Seu último livro de poesias, Vário som (Patuá, 2012), foi finalista do Prêmio Jabuti 2013 na categoria Poesia. Seus textos foram publicados em diversos livros, antologias e revistas literárias no Brasil e em países como Portugal, Espanha, Alemanha, México e Estados Unidos. Publicou o volume de crônicas Reforma na Paulista e um coração pisado (Oitava Rima, 2013).

 

Os poemas a seguir foram selecionados do seu novo livro Notas errantes (Patuá, 2017), a ser lançado em São Paulo no dia 10 de Junho, a partir das 19:00 horas, na Patuscada – Livraria, Bar e Café.

.

 
 

cortaram-lhe as asas
                                     e ainda assim tecia harmonias no chão
e agora fitaria não as copas mas bem de perto as folhas secas
e douradas pisoteadas na praça e se da pele tiraram-lhe
o sentir nisto também viu algo proveitoso pois assim passaria por
entre as folhas pontudas dos jardins misteriosos sem sentir dor
ciceroniaria as abelhas em seu desejo de pétalas e se dos olhos
lhe tirassem a visão haveria o silvo dos animais desses
sons absolutos haveria de evocar a forma viva dos seres e se então
por sua vez a audição lhe fosse destituída teria sua imaginação a lhe render
uma nascente cristalina de onde brotaria diariamente como um desejo indevido
ressurgido das pedras

  (mais…)

Gente de Palavra Paulistano 12 – Homenageada: Greta Benitez

Alguns registros em vídeo do sarau Gente de Palavra Paulistano 12, com homenagem à poeta Greta Benitez e lançamento da Revista Gente de Palavra 48,  organizado por Rubens Jardim e Davi Kinski no no Patuscada – Livraria, bar & café, dia 27/09/2016.

 

(mais…)