Lucas Perito: 38 Movimentos (2018)

Lucas Perito (São Paulo, 1985). Poeta. Escreveu livros ligados a história e fotografia, fazendo os textos de acompanhamento para o livro fotográfico Caminhos da Mantiqueira (2011) de Galileu Garcia Junior. Publicou seu primeiro livro de poemas, 38 Movimentos, pela Lumme Editor (2018). Tem poemas publicados em algumas das principais revistas brasileiras, além de algumas revistas de Portugal, Espanha, Galícia, Colômbia e Peru.



Os poemas a seguir foram selecionados do livro 38 Movimentos (Lumme Editor, 2018).



A CAMINHO DE AXEL

“Que ele possa continuar a vencer
Tiamat e abreviar seus dias”


Bem escuro no fundo da noite sem fim
Começo narrando
Às margens do tempo
Um navio por casa
E uma tartaruga ao lado
Entre altas marés
E aves submersas
Este é o lugar dos relógios quebrados
Dos homens de areia
Da fome dos náufragos
Dos livros de cabeceira
Do acúmulo das coisas
Enterradas em um deserto.
Edificam-se os passos perdidos,
Incertos, caminho ao largo da ilha
Assumo a proa
Junto as palavras, faço o elo
“Detenham-me, sou tão belo”!
Era julho,
Não participou das alegrias de férias
Liderou uma turba de mortos
Sobre o azul do abismo
Mas o corpo não despertou
Do fundo da noite sem fim.

CODE NOIR


Ali Hoca, Bodrum

Olhos azuis observam
A civilização que passa
À janela
E apodrece com ela:
De encontro à praia
O tempo para
Em um rosto
Pousado na areia.
A ilha desconhece sua história.
Naufraga a vontade
Sepultada no fundo do mar.

Discutiremos política, história,
Passado e futuro
Mas eterno presente repousará
No sonho do menino
Sem tempo, desejo e ar.

Tateio as dimensões da morte:
Da pele e da Cultura
Não me ergo
Sou geograficamente
– NEGRO

FELICIDADE

Entre dois continentes
Mastigo uma tulipa
Os dentes manchados de jabuticaba
Sepulto o desejo num novo desejo
Lentamente deslizo
Desfaço meu ser em outro ser.

SORRINDO


o quadro manchado
o desenho do ano passado
o trabalho desfeito
– repenso
o nado cansado
a respiração cortada
a distância da borda
– revejo
o espelho quebrado
um homem
e meu rosto
sorrindo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *