Marina Ruivo: Nossa barca (2019)

Marina Ruivo é professora universitária e atuou por muitos anos no mercado editorial. É autora de Geração armada: literatura e resistência em Angola e no Brasil (Fapesp/Alameda Editorial, 2015), publicou contos e poemas em revistas digitais diversas e tem em Nossa barca sua estreia literária.


Os poemas a seguir foram selecionados da obra Nossa barca (Patuá, 2019).

NOSSA BARCA


Desmanchando-se dissoluta
No colo que eu queria,
Nossa barca não era canoa,
Fria ausência do sol.

Era mais firme, mais forte,
Mais nossa e feita na exatidão
Das tempestades dos seus cabelos,
Salgados e cheirando a mar.

Grudando-se com a cola das algas,
Seu corpo moldava-se ao mar,
Tirava da inércia meu desejo,
Reescrita rediviva das ondas.

A companhia do seu ato,
Seu barco de areia ao vento,
Doce dolorimento do meu gozo
Líquido, projetando-se à vibração
Das cordas das vozes,
Espumando-se fora de mim.

Ah, nossa barca ganhava em tamanho,
Vagava de novo, úmida,
Ao caminho do mar.
E eu seguia com ela,
Apenas seguia…


MANHÃ


Só escrevi cinco minutos,
Meu gato mia desesperado e desce,
Correndo louco pelas escadas.

O texto é pra entregar,
As tarefas são todas pra cumprir,
Mas meu corpo está sujo.

Não há repouso para este sol,
Que escalda sem cessar nossa pele.
Como haverá para nós?


ESTAS MÃOS


Por que seguir arrastando esta corda,
Este aço que fere e se enrosca,
Serpente violenta de pleno rigor azul?

Seu objetivo é único, constante,
Lanhar-me pele, corpo e cabeça,
Lançar-me às vielas do susto,
Inconsciência dolorida que leva
Ao sal do medo, à raiva apenas gemida,
Temor das horas que adentram.

Dia cinzento na cidade-sol,
Corpo solto ao lusco-fusco do medo,
O medo do degredo da menina,
A que fui e a que não fui.
Medo da mulher passageira,
Eita buraco infindo da memória.

Quero um colo só, de mãos grandes,
Dizendo sem textura que o mundo
Continua, ainda continua…
E que ele pode ser macio,
Tão macio como estas mãos que me salgam.


Primata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *